Palmeiras vence o Santa Cruz fora de casa e se isola na liderança

O Santa Cruz recebeu o Palmeiras no Arruda e mais uma vez saiu derrotado. O Tricolor até Roberto, Leandro Pereira e Roger Guedes marcaram os gols do Porco. Arthur e Grafite fizeram os da Cobra Coral. Com a vitória, o Verdão segue na ponta, agora com 57 pontos, três a mais que o vice líder Flamengo. O Tricolor segue afundado na vice lanterna com 23 pontos. Pela 29ª rodada, no domingo, o Santa Cruz joga contra o Flamengo, às 17h (de Brasília), no Pacaembu. No mesmo horário, no estádio do Café, em Londrina, o Palmeiras enfrenta o América-MG. A velocidade de Keno era a principal arma ofensiva do Santa Cruz. O camisa 11 tricolor recebeu em velocidade pela esquerda, ganhou de Jean na corrida e tocou na saída de Jailson. A bola passou pelas pernas do goleiro e passou perto do gol. No mais, o Santa tentou até produzir, ia na base da vontade e da raça, mas não teve êxito. O Palmeiras teve maior posse de bola, rodava a bola de um lado para o outro, mas não tinha objetividade e o gramado também não ajudava. Fato esse que não impediu o Verdão de abrir o placar. Zé Roberto tabelou com Erik e saiu de cara com Edson Kölln. Com extrema categoria, o veterano tocou com classe de cobertura, abrindo o placar. Na volta para a segunda etapa, Doriva promoveu a entrada de Arthur no lugar de Derley. A equipe entrou mais ligada em campo e quase empatou e finalização de Grafite de calcanhar defendida por Jaílson. O maior volume de jogo coral deu resultado. Allan tocou para Arthur livre na área, o atacante chutou colocado, no canto esquerdo, e marcou um golaço. Depois de um belo início dos corais, o Palmeiras entrou no jogo e quase empatou com Gabriel Jesus. Um minuto depois, Neris cortou a bola errado, ela se ofereceu para Leandro Pereira, que bateu de primeira e venceu Edson Kölln. Depois de estar atrás do placar, mas uma vez o Santa Cruz foi buscar. Arthur foi derrubado por Jean dentro da área. Grafite bateu deslocando Jaílson e empatou. Quando tudo parecia se encaminhar para o empate, o Palmeiras chegou ao gol que começou com uma tropeçada de Wagner no meio de campo. Cleiton Xavier lançou pela direita e encontrou Róger Guedes sozinho na área, que sozinho marcou o gol da vitória. Um banho de água fria no time pernambucano, que vem fazendo bons jogos, mesmo ocupando a vice lanterna do campeonato. FICHA DO JOGO: SANTA CRUZ: Edson Kölln; Danilo Pires, Neris, Danny Morais e Allan Vieira (Jadson); Derley (Arthur), Uillian Correia e João Paulo; Pisano (Wágner), Keno e Grafite Técnico: Doriva PALMEIRAS: Jailson; Jean, Edu Dracena, Vitor Hugo e Egídio (Cleiton Xavier); Tchê Tchê, Moisés, Zé Roberto; Erik (Leandro Pereira); Róger Guedes (Thiago Santos) e Gabriel Jesus Técnico: Cuca Local: Arruda (Recife-PE) Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PR) Assistentes: Marcio Gleidson Correia Dias (PR) e Hélcio Araújo Neve (PR) Cartões amarelos: Derley, Neris, Danny Morais, Allan Vieira e Pisano (Santa Cruz); Erik e Gabriel Jesus (Palmeiras) Gols: Zé Roberto (32’ do 1T, Palmeiras), Arthur (10’ do 2T, Santa), Leandro Pereira (20’ do 2T, Palmeiras), Grafite (24’ do 2T, Santa) e Róger Guedes (34’ do 1T, Palmeiras) Público: 7.189.Renda: R$ 102.040,00

No Replies Yet

Start a conversation, be the first to reply!

No Replies Yet

Start a conversation, be the first to reply!